Marcas do passado part 2

Tivemos muito tempo pra ficar assim e foi muito bom,depois ele me deixou em casa e eu fiquei com o cheiro dele no meu corpo ( ainda não esqueci daquele cheiro).
Ficamos muitos dias depois disso conversando e o tempo foi nos unindo mais.A pesar de eu não saber onde ele morava e nem o num da casa dele não me importava.O fim de ano foi ótimo, apesar de eu não ter ficado com ele falei por telefone...
O inicio do ano correu tudo bem,mas de fevereiro pra cá eu não consigo falar com ele,acho que roubaram o celular dele pois quando eu ligo dá que não tá funcionando e talz.Eu fiz que nada disso tinha acontecido e deixei a vida correr... Já faz um tempo que não pensava nele mas hj um amigo meu mandou uma foto pra mim onde ele tava sem camisa e talz.Eis que um dos meus amigos recebe a msg e mostra pra todo mundo fiquei extremamente envergonhado mas esperançoso achando que era o Matheus.No caminho de volta eu liguei pra ver quem era e descobri que era esse amigo q conheci há pouco tempo.

Mais uma vez a ferida se abriu... Agora eu to sem saber o que fazer.

Saudade dói muito.


Desculpa pessoal se ficou muito extenso mas eu resumi ao máximo,espero que dê pra entender...


(lágrimas)

Marcas do passado part 1

Há algum tempo eu conheci alguém que gostei muito.
Cerca de um ano e meio atrás por intermédio de uma espécie de bate-papo ( o blah ) conheci um garoto chamado Matheus, durante muito tempo conversamos de forma totalmente amigável ( era um ombro amigo).Passado uns quatro meses e já sabíamos praticamente tudo sobre o outro (em termos do que se gostava), exceto o lugar onde morávamos, já tinha o visto e vice-versa por meio de fotos.Quando eu achava que realmente podia confiar nele disse que qualquer dia podíamos sair e conversar um pouco... Ele concordou e deixamos como estava.
Numa noite em que eu tinha horrores de trabalho pra fazer e um material gigante pra estudar ele me ligou e perguntou se queria vê-lo.Na hora pensei um pouco ( eram mais ou menos 9:00 PM) mas depois de um tempo resolvi ir, marcamos pra 45 min depois e ele disse que me buscaria numa praça perto da minha casa.No caminho ele disse que estaria num carro totalmente preto com insulfilme 100%,fiquei mais apreensivo ainda (ele podia ser um louco!!!) mas ainda assim resolvi continuar.Esperei uns cinco minutos e logo um carro parou perto de mim e buzinou.Eu fui até onde o carro estava ( Me senti um garoto de programa ^^) na hora tremia como vara verde (de onde tiraram essa expressão??)quando ele abriu a porta do carro vi pouca coisa dele como ele mesmo descrevera tinha mais ou menos 20 anos era branco e um corpo bem bonito,cabelos negros e olhos da mesma cor (tinha um olha que me conquistou na hora).Após algum tempo nos cumprimentando seguindo a esmo pra lugar algum resolvemos parar num lugar calmo onde não houvesse pessoas pra nos interromper conversamos sobre várias coisas e da forma mais sensível possível ele me abraçou e ficamos muito tempo ali sem fazer nada além de nos abraçar.

Fim de semana agitado...

Esse fds foi muito bom (apesar de algumas coisas que aconteceram).
Na sexta uma amiga me ligou e me convidou pra ir num sítio (que era de uma amiga em comum).No sábado nós fomos e apesar de um monte de coisas que deram errado nós conseguimos chegar lá (resolvemos ir de ônibus pois assim seria mais interessante e acabamos pegando mó chuva no caminho),aproveitamos o máximo no sábado pois lá corria um pequeno rio e passamos o sábado quase todo nadando.^^
Foi impressionante a sintonia com as pessoas que eu ainda não conhecia,com apenas algumas horas de viajem já parecíamos amigos de infância... Lá também conheci um garoto que era muito lindo (pena que eu estava com um monte de amigos que não sabem da minha bissexualidade), no sábado para o domingo não dormimos... Ficamos a noite inteira conversando ou jogando baralho e assim que amanheceu o dia já estávamos prontos pra aproveitar o domingo,apenas tomamos café e voltamos a nossa aventura de mochileiros (conhecemos mais dois sítios vizinhos) pois lá realmente é muito bonito.
No domingo a tarde tivemos que voltar e devido a um desentendimento entre dois dos nossos membros o fim da viajem ficou meio pesado, acabou que uma das pessoas que me são mais caras ficou com raiva de mim e nem sei por que... apenas sei que alguém disse que eu tava falando mal dela e isso não é verdade... agora não sei o que fazer!!!
Tow extremamente mal e ela não me atende... Vou deixar quieto até que a poeira baixe.
Por quê logo com raiva de mim???


Enquanto isso vou sofre calado.

Músicas da alma.

Essa música pra mim é foda... curto pacas ela é ainda assim ela me lembra muito de uma pessoa,estou muito triste... essa pessoa pra mim é muito imporante,mas não vou correr atras.

Adriana Calcanhoto - Esquadros

Eu ando pelo mundo prestando atenção
Em cores que eu não sei o nome
Cores de Almodóvar
Cores de Frida Kahlo, cores
Passeio pelo escuro
Eu presto muita atenção no que meu irmão ouve
E como uma segunda pele, um calo, uma casca
Uma cápsula protetora
Eu quero chegar antes
Pra sinalizar o estar de cada coisa
Filtrar seus graus
Eu ando pelo mundo divertindo gente
Chorando ao telefone
E vendo doer a fome dos meninos que têm fome
Pela janela do quartoPela janela do carro
Pela tela, pela janela
(Quem é ela? Quem é ela?)
Eu vejo tudo enquadrado
Remoto controle
Eu ando pelo mundo
E os automóveis correm para quê?
As crianças correm para onde
Transito entre dois lados, de um ladoEu gosto de opostos
Expondo meu modo, me mostro
Eu canto para quem?
Eu ando pelo mundo e meus amigos, cadê?
Minha alegria meu cansaço?
Meu amor, cadê você?
Eu acordei
Não tem ninguém ao lado...

Consciência pesada...

Ainda não assumi minha bissexualidade e parece que não tenho tanta coragem assim para assumir,gosto de mulher mas sinto atração por homens,não me vejo dividindo o lar com um homem e nem acordando todo dia ao lado de um.Tenho meus sonhos de ter filhos e constituir uma família e ainda tenho alguém que gosta muito de mim e que tenho que servir de exemplo.
Tenho um primo de nove anos que me considera um pai e eu o considero filho ele confia em mim mais do que no pai biológico e isso me agrada muito,pois amor e compreensão ele só encontra comigo ( os pais dele são separados e não dão tanta importância pra ele ) mas quando olho pra ele parece que traindo a confiança dele.Não acho que o minha opção sexual seja errada ou algo do tipo mas sei que de todo modo ele não ia entender.
Com toda certeza ele não aceitaria que a pessoa que ele chama de " pai " e que ele atribui todos os seus sonhos seja homo ou bi.É difícil aceitar pra qualquer um ainda mais pra uma criança...
Fico extremamente frustrado com isso e ainda não sei pra onde correr,penso em negar o que sinto mas quando vejo já fiz e depois fico com remorso.


Parece que num mato sem cachorro...

Coisas do passado: Primos e afins.

Quem na sua infância nunca brincou com seu priminho?? Ou com um amigo? Eu e um primo em especial crescemos juntos (crescemos em todos os sentidos) tanto que até meados dos 15 anos ainda tomávamos banho juntos (mesmo longe dos olhares das pessoas).A maioria das histórias que conheço começaram com um primo ou algo do tipo, a minha por exemplo é uma dessas...

É impressionante como o perigo faz com que fiquemos mais fora de si.

Ontem foi dia de festa na minha casa (aqui se comemora cada fim de semana sem motivo algum)a noite eu e um primo ficamos a sós no meu quarto, ele foi um dos que eu brincava quando criança, começamos a conversar sobre como nossa infância foi melhor que a de muitos de hoje em dia, finalmente chegamos ao ponto onde fazíamos "troca-troca" e por alguns instantes tudo pareceu normal. Até que ele ele pediu pra ver o tamanho do meu membro! Isso no mínimo foi inusitado!!! na hora senti um puta tesão e meu pau ficou duro feito pedra,mas também pensei na quantidade de pessoa que havia em casa.Ele sentou do meu lado e começou a acaricia-lo.
Pensei no quanto isso seria louco,mas o tesão foi mais forte... Demos um jeito e ele começou a me chupar.Durou poucos tempo mas pareceu uma eternidade,eu gozei o mais rápido o possível e fui ao banheiro.Pena que logo em seguida eu tiver que sair,ele dormiu na minha casa mas como em quartos separados,hj ele foi embora cedo e num sei quando vou vê-lo novamente.

Como sempre primos e afins...